fbpx

5G: Confira Os Pontos Principais Do Edital Publicado Pela Anatel

5G: Confira Os Pontos Principais Do Edital Publicado Pela Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) finalmente publicou, no final de setembro, o tão aguardado edital do 5G, as propostas das operadoras devem ser enviadas até o dia 27 de outubro e o leilão do 5G está previsto para acontecer no dia 4 de novembro.

A expectativa é que com a implantação do 5G haja uma expansão da conectividade, maior investimento em infraestrutura pelo país e a modernização de diversos setores como o Agronegócio e serviços essenciais como a Segurança Pública, Educação entre outros.

O 5G deve trazer oportunidades não só para as operadoras que forem operar neste mercado, como também para os provedores de internet que irão poder disponibilizar sua infraestrutura para implantação desse novo negócio. Outros setores também irão se beneficiar com a possibilidade de implantação de tecnologias IoTs (Internet das Coisas) entre outras.

Recursos

A licitação do 5G deve movimentar R$ 49,7 bilhões, sendo R$ 10,6 bilhões para o pagamento das outorgas para utilização de uma das 4 faixas de frequência: 700 MHz; 2,3 GHz; 3,5 GHz; e 26 GHz. As empresas vencedoras devem investir os outros R$ 39,1 bilhões nas contrapartidas previstas no edital.

Contrapartidas

Entre as contrapartidas para operar em uma das faixas de frequência do 5G estão: a disponibilização do 5G nas capitais até julho de 2022, levar internet 4G para as rodovias do país, migrar o sinal da TV parabólica para liberar a faixa de 3,5 GHz, construir uma rede privativa de comunicação para a administração federal, instalar rede de fibra óptica, via fluvial na região amazônica e levar internet móvel de qualidade para as escolas públicas de educação básica.

Prazos

As empresas que conseguirem a outorga no leilão do 5G devem se comprometer a implementar o 5G nos seguintes prazos:

31 de julho de 2022: em todas as capitais brasileiras.

31 de julho de 2025: em cidades com mais de 500 mil habitantes.

31 de julho de 2026: em cidades com mais de 200 mil habitantes.

31 de julho de 2027: em cidades com mais de 100 mil habitantes.

31 de julho de 2028: em cidades com mais de 30 mil habitantes.

Provedores Regionais

O edital do 5G tem rendido críticas por parte dos provedores de pequeno e médio porte, como o consórcio Iniciativa 5G Brasil, que reuniu centenas de provedores regionais para disputar o leilão. Segundo os representantes da iniciativa, em entrevista para o portal Mobile Time, o edital favorece as grandes operadoras e dificulta a competição dos ISPs regionais.

Quer saber mais sobre os desafios e oportunidades do 5G para os ISPs? Baixe gratuitamente o nosso ebook. Confira o edital do 5G na íntegra clicando aqui.

 

 

Texto Extraído gratuitamente de Eletronet

Compartilhar este post