Bitcoins, a moeda mais valiosa do mercado financeiro

Bitcoins, a moeda mais valiosa do mercado financeiro

Resultado de imagem para bitcoins

Quando você faz um pagamento com uma nota em reais ou em dólares, você está fazendo um pagamento rápido, mais ágil, e que não precisa de intermediários.

É rápido, uma vez que o tempo para a transação ser realizada é o tempo de entregar a cédula e receber o troco e é ágil, já que não há qualquer impedimento na transação. Não existem intermediários, já que você está tratando diretamente com a pessoa, sem que haja qualquer empresa participando do processo.

Nos meios de pagamento eletrônicos existe uma grande mudança no relacionamento entre o comprador e o vendedor. Se você fizer um pagamento através de boleto, ele deixa de ser rápido, já que você vai precisar ir a um banco ou fazer pelo seu internet banking e o vendedor só irá receber o valor alguns dias depois.

O pagamento também tem custo maior, com o custo do boleto, e o vendedor precisa ter uma conta bancária.

Outros tipos de pagamento, como o PayPal, além de um custo maior, ainda exigem o intermediário e de um a cinco dias úteis para completar a transação.

O bitcoin é um sistema diferente e entendê-lo é bastante simples.

Trata-se de uma tecnologia digital que permite fazer pagamentos eletrônicos com a mesma eficiência de outros tipos de pagamentos, com a vantagem de ser um meio rápido, barato e sem intermediários.

Além disso, o pagamento com bitcoin pode ser feito para qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta, sem qualquer limite mínimo ou máximo.

O bitcoin é uma tecnologia que vem ganhando espaço nos últimos tempos. Até mesmo Bill Gates, numa entrevista ao canal de negócios Bloomberg, afirmou que o bitcoin é “excitante porque é barato”.

Atualmente você pode fazer até doações em bitcoins para instituições globais, como o Greenpeace ou a Wikipedia, ou mesmo comprar passagens aéreas na Expedia, ou dar entrada em um apartamento na Tecnica, e tudo isso fazendo uso de bitcoins.

Os bitcoins são a tecnologia mais relevante no mundo digital e tudo está apenas no começo.

Em contraste com a maior parte das moedas, o bitcoin não depende da confiança de um emissor centralizado ou de uma instituição financeira, como, por exemplo, o Banco Central.

O bitcoin se utiliza de um banco de dados distribuídos, espalhados pela rede mundial P2P para registrar as transações. Usando criptografia de código aberto para prover as funções básicas de segurança, como a certificação de que a moeda tenha propriedade e que sua transferência é semianônima, ou seja, só pode ser gasta pelo dono, evitando duplicidades e falsificações, o bitcoin torna-se cada vez mais a moeda de troca no mundo digital.

O bitcoin representa essa nova revolução digital, um caminho sem volta quando falamos de tendências tecnológicas.

Venha conhecer mais sobre o bitcoin na Minerworld, uma nova possibilidade para o mercado de moedas digitais.

Saiba mais:

http://www.negociosbitcoin.com.br/vilasnet

Entre em contato agora:

Robson Oliveira Macedo

E-mail: robson_macedo@hotmail.com

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp chat